Contradito

Existem sinceridades grosseiras

Sarcasmos cruéis

Amores opressores

Ódios libertadores

Perfeições dispensáveis

Imperfeições benvindas

Dias de chuva inspiradores

E de sol indesejados.

O próximo, por vezes,

Nos é distante

E o que está longe

Parece, na verdade,

Estar dentro de nós.

Há pessoas inesquecíveis

Esquecimentos insuportáveis

Mentiras honestas

Desejos públicos

E histórias íntimas

Guardadas a sete chaves.

Cara e coroa

Os dois lados

Da mesma moeda.

Relicário de sonhos

Os beijos apaixonados

O arrepio na pele

O desejo

A felicidade do encontro

Os momentos sem igual

Atemporais

Infinitos

Eternos.

A dança dos corpos

As pernas, os braços

Urdidos

O carinho dos gestos

Olhares

Risadas

O encontro quase

Fusional.

Tudo dito

Tudo isso

De nada abro mão.

Sempre estarão

Em meus desejos

Minha memória

Meu relicário

De sonhos.